ENCONTRE AQUI

Minha dúvida, sua dúvida

ABDI promoveu live tira-dúvidas sobre segundo Edital do Digital.BR. Inscrições vão até o próximo dia 21. Participaram interessados das regiões contempladas pelo programa

UCM | 11/01/2022

O segundo Edital do Digital BR está com as inscrições abertas até o dia 21 de janeiro e, nesta reta final, a ABDI promoveu uma live para esclarecer as dúvidas de quem pretende participar do programa. O evento virtual reuniu representantes de várias instituições das regiões contempladas pelo edital: Norte, Nordeste e Centro-Oeste. 

A gerente de Transformação Digital da ABDI, Adryelle Pedrosa, e o analista de Produtividade e Inovação da agência, Roberto Pedreira, atenderam representantes de empresas e instituições interessadas em participar do Digital.BR 02. O programa é voltado para a aceleração de projetos com potencial para promover a inovação e a inserção de micro, pequenas e médias empresas no universo digital.

As inscrições para participar do segundo Edital vão até as 19h (horário de Brasília) do dia 21 de janeiro e estão abertas para redes e ecossistemas de inovação das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Ao todo, serão selecionados 20 projetos nas três regiões, um por unidade federativa (19 estados e o DF). Cada um poderá receber até R$ 1,5 milhão nas duas etapas do programa – piloto e escala.

De acordo com Adryelle Pedrosa, o processo de inscrição é online, feito pelo site do programa (www.digitalbr.abdi.com.br ) e, “apesar de ser bem intuitivo, não é recomendável fazer a inscrição de uma só vez, no último dia de inscrição”, aconselha. Ela explicou que o processo pode ser feito passo a passo e “você pode ir salvando seu avanço”, disse. 

Roberto Pedreira ressaltou também que se alguma unidade da Federação não apresentar nenhum projeto, a vaga não será direcionada a outro estado. “Mesmo se o estado ‘A’ apresentar três projetos, apenas um será selecionado – o de maior pontuação. E a unidade da federação que não apresentar projeto, ou não tiver nenhum selecionado, ficará essa lacuna”, explicou.

Durante a live, surgiram muitas dúvidas sobre o tema orçamentário. Adryelle esclareceu que a apresentação da previsão orçamentária do projeto não é obrigatória. “Não é preciso prestar essa informação necessariamente. Esse item não será avaliado, julgado, no escopo do Edital e a atribuição do recurso do prêmio não estará vinculada ao custo do projeto, a esse orçamento, mas à pontuação que ele obtiver na classificação”.

Para participar, é necessário que cada projeto contemple redes de ecossistemas de inovação regionais compostas por três ou mais instituições sem finalidades lucrativas, de nível de atuação estadual, distrital ou municipal. Ao fim da live, Adryelle destacou que “não haverá prorrogação das inscrições e o prazo final é 21 de janeiro, às 19 horas (horário de Brasília)”, concluiu.

Abaixo, você confere as perguntas e repostas mais frequentes. Outras dúvidas podem ser sanadas na página do programa na Internet. “Temos uma aba ‘contatos’, onde vocês podem registrar todas as dúvidas que a ABDI irá responder antes da finalização das inscrições”, garantiu Adryelle. 

Conheça o programa 
Por meio dos seus editais, o programa Digital.BR tem a missão de contribuir para o desenvolvimento da capacidade produtiva das micro, pequenas e médias empresas regionais, visando aumentar sua competitividade, além de melhorar as condições e características produtivas das regiões do país que lidam com grandes desafios econômicos, sociais e tecnológicos.

ACESSE O SITE: www.digitalbr.abdi.com.br


FAQ

1 - Sobre o que devem tratar os projetos propostos?
Os projetos devem tratar sobre a transformação digital de empresas. A definição mais precisa de transformação digital consta no glossário do edital. Em resumo, serão aceitos projetos que por meio de tecnologias digitais permitam às empresas atendias, público-alvo beneficiário dos projetos, criar valor ao cliente, otimizar processos, inovar ou estruturar novos modelos de negócios. Não se trata apenas de estimular a adoção de tecnologias sofisticadas mas pode incluir soluções digitais mais simples como a utilização de e-commerce e redes sociais, por exemplo. 
2 – Quem pode propor projetos? 
Os projetos devem ser propostos por uma rede (ou ecossistema de inovac¸a~o), da qual participe um conjunto de no mi´nimo 3 (tre^s) ou mais instituic¸o~es, pu´blicas ou privadas sem finalidades lucrativas, de ni´vel estadual, distrital ou municipal, elegi´veis para submeter projetos, conforme crite´rios do edital. Estas redes na~o podem ser compostas por mais de uma instituic¸a~o pertencente a um mesmo grupo econo^mico ou institucional, nem por pessoa juri´dica com nível de atuação nacional. 
3 – Que tipo de instituições podem compor a rede proponente? 
As redes podera~o incluir entidades de representac¸a~o comercial e empresarial (associac¸a~o, ca^maras, entre outros); entidades do Sistema S; Federac¸o~es; Fundac¸o~es de Amparo a` Pesquisa; Institutos de Cie^ncia e Tecnologia – ICT; Secretarias de governo estaduais, municipais e distritais; o´rga~os ou entidades da administrac¸a~o pu´blica direta ou indireta; Parques Tecnolo´gicos; Organizac¸o~es da Sociedade Civil de Interesse Pu´blico (OSCIP); Universidades e centros de pesquisa, entre outras de similar finalidade. 
4 – Instituições com fins lucrativos poderão participar das redes e propor projeto? 
Não. Essas empresas podem, no entanto, firmar parceria com a rede para a execução do projeto e prestação de serviço no âmbito da iniciativa, mas, pelo edital, não podem ser proponentes ou integrantes de uma rede. 
5 – Instituic¸o~es de atuac¸a~o nacional poderão fazer parte da rede proponente? 
Não. Instituições cujo âmbito ou área de atuação seja todo o território nacional não estão habilitadas a propor projetos a este Edital. 
6 – Uma rede pode ser composta apenas por instituic¸o~es pertencentes a um mesmo grupo institucional ou econo^mico? 
Na~o podera~o participar do edital redes compostas POR MAIS DE UMA instituic¸a~o pertencente a um mesmo grupo econo^mico ou institucional. Ex: ABDI_Parana´ + ABDI_Curitiba + ABDI_Londrina; etc. 
Por mesmo GRUPO ECONO^MICO entende-se: quando uma ou mais pessoas jurídicas, embora tenham cada uma delas personalidade jurídica própria, possuem diretores,
sócios ou representantes legais comuns, ou que utilizem recursos materiais,
tecnológicos ou humanos em comum.

Por mesmo GRUPO INSTITUCIONAL entende-se: quando uma ou mais pessoas jurídicas, embora tendo cada uma delas personalidade jurídica própria, possuam órgãos
normativos e/ou órgãos de administração nacional e/ou regional comuns,
necessários para realizar as finalidades institucionais.
7 - Quais as etapas do Digital BR? 
Etapa I: Inscrição de projetos até 21/01/2022
Etapa II: Seleção de projetos para aperfeiçoamento metodológico
Etapa III: Aperfeiçoamento metodológico dos projetos selecionados
Etapa IV: Seleção dos projetos para implementação de piloto
Etapa V: Implementação dos pilotos dos projetos selecionados
Etapa VI: Seleção dos projetos para implementação dos planos de escala
Etapa VII: Implementação dos planos de escala dos projetos selecionados
Etapa VIII: Avaliação e divulgação dos resultados dos projetos implementados
8 – Na etapa de inscrição do projeto não pode ser prestada nenhuma informação que identifique seus proponentes? 
Correto. Nesse primeiro momento de inscrição/cadastro do projeto nenhuma informação que identifique os proponentes deverá ser enviada, sob pena de desclassificação. Essa medida visa garantir a isonomia e a impessoalidade do processo de seleção e avaliação. Apenas depois de divulgado o resultado definitivo da avaliação de mérito dos projetos é que seus proponentes deverão, necessariamente, acessar a página de inscrição do projeto, no sítio eletrônico: https://digitalbr.abdi.com.br, e completar as informações de identificação e contato.
Após liberação do resultado, será concedido prazo de 3 (três) dias úteis para que os proponentes informem tais dados. 
9 – Quantos projetos serão selecionados? 
Do rol de projetos inscritos, serão selecionados, conforme critérios definidos no edital, 20 projetos para a primeira fase de aperfeiçoamento metodológico. Somente 1 (um) projeto por Unidade Federativa (UF) poderá ser selecionado. Para a segunda fase de implementação dos projetos pilotos, serão selecionados 10 projetos que receberão premiação da ABDI de até R$ 550.000,00. Para a última fase, de implementação dos planos de escala, serão selecionados 6 projetos que receberão premiação da ABDI de até R$ 1.000.000,00. 
10 – Quem e´ o pu´blico-alvo beneficia´rio do projeto? 
Os beneficia´rios sera~o micro, pequenas e me´dias empresas, isto e´, empresas que possuam receita operacional bruta ou renda anual menor ou igual a R$ 300 milho~es. Tais empresas beneficia´rias devera~o estar sediadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Ademais, devem ser empresas dos setores da indústria, comércio e/ou serviços. 
11 - O projeto pode gerar benefícios para empresas informais ou para MEI?
Não. Os projetos devem ser direcionados para Micro, Pequenas e Médias empresas, conforme definição constante do glossário do edital.
12 - É preciso indicar o CNPJ das empresas que serão beneficiárias já na submissão do projeto?
Não. Não precisa indicar o CNPJ das empresas na inscrição. Só o município, o porte e o segmento das empresas. 
13 – Uma mesma rede proponente pode apresentar mais de um projeto? 
Não. Uma mesma rede proponente poderá submeter apenas 1 (uma) proposta a este Edital. Caso seja submetida mais de uma proposta/inscrição, será considerada a última versão enviada.
14 – Uma mesma instituição pode participar de mais de uma rede proponente? 
Sim. Uma mesma instituição poderá participar de mais de uma rede ou ecossistema de inovação. Contudo, a instituição que estiver inscrita em mais de uma rede somente poderá ser Unidade Operacional Executora - UOE de uma delas, bem como terá que indicar diferentes responsáveis técnicos para cada uma das redes das quais participe.
A UOE é a instituição participante da rede que será a principal responsável pela execução financeira do projeto e principal responsável por sua implementação.
15- Qual o valor dos prêmios disponibilizados no edital? 
Os projetos selecionados para implementação de piloto receberão prêmios  de acordo com sua posição na lista de classificados, conforme abaixo:
•    1º ao 3º colocado -  Até o limite de R$ 550.000,00
•    4º ao 6º colocado  - Até o limite de R$ 450.000,00
•    7º ao 10º colocado -  Até o limite de R$ 350.000,00

Os projetos selecionados para implementação do plano de escala receberão prêmios  de acordo com sua posição na lista de classificados, conforme abaixo:
•    1º  colocado -  Até o limite de R$ 1.000.000,00
•    2º ao 3º colocado  - Até o limite de R$ 850.000,00
•    4º ao 6º colocado -  Até o limite de R$ 550.000,00
16 - Existe alguma restrição com relação à aplicação dos recursos recebidos a título de prêmio?
Não existe restrição. As redes com projetos selecionados se responsabilizarão por garantir que os recursos sejam aplicados para as finalidades e atividades previstas no projeto, a fim de demonstrar sua viabilidade técnica e financeira. 
17– Havera´ repasse de recursos para as empresas beneficiadas pelo projeto? 
Na~o. Os recursos aportados destinam-se a` execuc¸a~o dos projetos, em suas respectivas fases. Na~o ha´ repasse financeiro direto pela ABDI para os beneficia´rios dos projetos. Cabera´ a` rede proponente realizar o emprego dos recursos financeiros. 
18 – Os 20 projetos selecionados na primeira fase recebera~o recursos da ABDI? 
Na~o. Nesta etapa a ABDI aportara´ metodologias, mentorias e ferramentas que auxiliara~o a rede proponente no refinamento do problema e da soluc¸a~o, bem como na definic¸a~o do projeto-piloto e das condic¸o~es para escala. Os recursos da ABDI sera~o destinados apenas para as etapas de piloto e escala.
19 – Havera´ exige^ncia de contrapartida financeira da rede proponente? 
Não há obrigatoriedade de aporte de contrapartida financeira em nenhuma fase deste edital. 
20 – Só será aprovado um projeto por estado?

Temos 20 unidades federativas (19 estados mais o DF) das três regiões participantes. Mesmo se o estado A apresentar três projetos, apenas um desses projetos será selecionado – o de maior pontuação. 

21 - Caso não haja projeto apresentado por alguma UF, a "vaga" será direcionada para outra UF?

Não.  O Edital prevê que seja contemplado um projeto por unidade federativa e se, infelizmente, tivermos algumas dessas 20 unidades federativas que não apresente projeto ou não tenha um projeto classificado, o Digital BR ficará com essa lacuna não preenchida. 

22 - A proposta orçamentária deverá ser colocada já nessa 1º fase de inscrição. Mas dependendo da evolução, é possível mudar essa proposta orçamentária?

Sim. Na etapa de aperfeiçoamento metodológico, que tem dois meses de duração, as redes poderão ajustar, aperfeiçoar o projeto, inclusive no tocante ao orçamento.  
Vale destacar que durante o processo de inscrição, até o dia 21 de janeiro, quem estiver submetendo projetos na plataforma, pode também editá-los. Pode alterar ao longo do tempo, desde que finalize as alterações até às 19h (horário de Brasília) do dia 21, quando se encerram as inscrições, e que não serão prorrogadas. 
Por fim, o dado orçamentário do projeto não é obrigatório nessa primeira etapa de inscrição e apresentação do projeto. Esse item não é relevante e não será avaliado ou julgado, no escopo do Edital. A atribuição do recurso não vai estar vinculada ao custo do projeto, ao seu orçamento, mas à classificação que ele tiver. O primeiro colocado ganha mais recursos.


23 – Como se dará a utilização e a distribuição dos recursos financeiros entre esses parceiros da rede?

Se dará por intermédio de uma premiação, que não requer prestação de contas, fiscalização. As redes ficam responsáveis pela aplicação e direcionando para os projetos premiados. Será realizado de acordo com cada rede, com as instituições que fazem parte dessa rede.
É importante destacar que na composição da rede não pode haver instituição com finalidade lucrativa. E também não pode ter instituição com escopo de atuação nacional; apenas estadual, municipal e distrital. 

24 - O ecossistema de inovação precisa estar estabelecido antes ou o projeto pode ser um propulsor para a criação deste ecossistema de inovação?

Por trás da propositura do projeto, a gente exige que tenhamos pelo menos três instituições proponentes. Esse grupo precisa estar estabelecido quando da formalização do projeto. No entanto, ao longo do desenvolvimento do projeto, podem ser trazidos novos parceiros para a iniciativa. 

25 - No caso de contemplação, os recursos da rede serão administrados por um proponente somente ou conjuntamente?

A rede deve indicar, entre seus componentes, qual unidade operacional executora (UOE). Essa unidade terá, em termos burocráticos, relacionamento direto com a ABDI e será a responsável pela execução do projeto perante a Agência. Tanto na etapa piloto quanto na etapa de escala, há um contrato de adesão que a rede firma com a ABDI para, ao ser selecionado, ter a premiação. A administração de recursos pode se dar pela UOE, que é quem recebe os recursos ou de acordo com a pertinência das instituições que compõem o grupo.